Ministro russo dos Esportes se surpreende com carta de agência anti-doping dos EUA

domingo, 17 de julho de 2016 11:53 BRT
 

MOSCOU (Reuters) - O ministro de Esportes da Rússia, Vitaly Mutko, foi surpreendido por uma carta da Agência Anti-Doping dos Estados Unidos que pediu pela completa proibição da participação russa nas Olimpíadas, de acordo com informações da agência de notícias TASS neste domingo.

Em uma carta vazada, endereçada ao Comitê Olímpico Internacional - que seria enviada na segunda-feira quando um relatório sobre alegações de doping patrocinado pelo Estado russo nas Olimpíadas de Inverno de Socchi, em 2014, for divulgado - o diretor-executivo da agência norte-americana, Travis Tygart, pediu por uma proibição a todos os atletas russos. 

O relatório está sendo conduzido pelo professor canadense de direito Richard McLaren.

"O relatório de McLaren ainda será publicado, mas para eles (agência anti-doping dos EUA, Usada) tudo já está claro. Isso é surpreendente. Talvez o próprio Tygart tenha escrito o relatório? Eu não ficaria surpreso com isso", disse Mutko à TASS.

(Por Katya Golubkova)