Mãe e filho da Geórgia farão história nos Jogos do Rio

sábado, 23 de julho de 2016 15:06 BRT
 

Por Margarita Antidze

TBLISI (Reuters) - A Olimpíada do Rio de Janeiro será a oitava vez que a georgiana Nino Salukvadze participa dos Jogos, mas será a primeira que ela estará ao lado de um companheiro muito especial, seu próprio filho.

Acredita-se ser a primeira vez na história da Olimpíada que uma mãe e um filho competirão lado a lado.

"Estou muito feliz e muito orgulhosa por competir lado a lado com meu filho. Vamos fazer o nosso melhor para termos um bom desempenho", disse à Reuters Salukvadze, de 47 anos.

Salukvadze tinha 19 anos quando conquistou a medalha de ouro na competição feminina da pistola de 25 metros e a prata na pistola de ar de 10 metros, nos Jogos de Seul, em 1988, representando a então União Soviética.

Na Olimpíada de Pequim, em 2008, ela conquistou a medalha de bronze pela Georgia com a pistola de 10 metros.

O filho de Salukvadze, Tsotne Machavariani, de 18 anos, bateu seu recorde pessoal com a pistola de 10 metros no Campeonato Europeu, em fevereiro, e conseguiu o índice olímpico.

"Será uma alegria dupla para mim, porque vou participar da Olimpíada pela primeira vez na minha vida e porque vou competir no Rio ao lado da minha mãe", disse Machavariani à Reuters.