Federação Internacional de Canoagem bane cinco atletas russos da Rio 2016

terça-feira, 26 de julho de 2016 08:23 BRT
 

(Reuters) - Cinco atletas russo de canoagem, incluindo o campeão olímpico de 2012 Alexander Dyachenko, foram impedidos de competir nos Jogos Rio 2016 pela Federação Internacional de Canoagem (ICF) após terem seus nomes implicados no relatório McLaren sobre doping na Rússia.

Dyachenko, o campeão europeu Andrey Kraitor, o medalhista olímpico de bronze Alexey Korovashkov, Elena Aniushina e Natalia Pokolskaia foram banidos, informou a ICF nesta terça-feira.

O Comitê Olímpico Internacional decidiu no domingo não impor um banimento total de atletas russo para os Jogos do Rio, que têm início em 5 de agosto, apesar das evidências de amplo uso de doping de atletas russos nos Jogos de Inverno de Sochi, em 2014.

O COI encaminhou a decisão final sobre casos individuais de atletas para as federações esportivas internacionais.

"Este é um golpe amargo para o movimento olímpico e estamos tristes que nosso esporte está envolvido", disse o secretário-geral da ICF, Simon Toulson, em comunicado. "Tomamos ações rápidas e removemos todos os atletas que possuem evidências de doping".

A federação acrescentou que não irá impor um banimento amplo para a Rússia, e emitiu suspensões imediatas para os envolvidos, aguardando maiores investigações.

(Reportagem de Nivedita Shankar)