Equipe de judô da Rússia irá participar da Rio 2016, diz chefe da federação

terça-feira, 26 de julho de 2016 14:46 BRT
 

Por Christian Lowe e Aleksandar Vasovic

MOSCOU/BELGRADO (Reuters) - A Federação Internacional de Judô, que lista o presidente da Rússia, Vladimir Putin, como membro honorário, irá permitir que a equipe russa participe dos Jogos Rio 2016, informou o chefe da federação à Reuters nesta terça-feira.

O Comitê Olímpico Internacional deixou a cargo das federações esportivas a escolha sobre a participação de equipes russas na Rio 2016, após a Agência Mundial Antidoping (Wada) relatar um programa de doping patrocinado pelo Estado no esporte russo.

O judô se junta ao tênis na lista de esportes que terão participação de russos. Atletismo, natação e canoagem até o momento disseram que russos serão banidos.

Putin é faixa preta de judô e frequentemente são exibidas imagens dele praticando o esporte. Além do papel honorário de Putin na federação, um de seus amigos mais próximos faz parte do comitê executivo. O presidente da federação, Marius Vizer, disse que nenhum destes fatores influenciou a decisão final.

Perguntado em entrevista à Reuters por telefone sobre os 11 competidores russos, sendo sete homens e quatro mulheres, que se classificaram para a Olimpíada, Vizer disse: "todos irão ao Rio".

"Todos estes atletas foram testados a partir de setembro do ano passado até o final de maio, em muitas ocasiões, em muitos eventos internacionais de judô, não na Rússia, fora da Rússia", disse Vizer.

"Não houve punição, não houve evidências negativas, não levamos em consideração nenhuma análise ou testes feitos na Rússia, porque para nós não é relevante".