No Rio, presidente do COI diz confiar que brasileiros resolverão problemas antes da Olimpíada

quarta-feira, 27 de julho de 2016 10:38 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, desembarcou no Rio de Janeiro nesta quarta-feira para os Jogos de 2016 e afirmou confiar na capacidade dos brasileiros para resolver os problemas que apareceram às vésperas da Olimpíada, como os defeitos em prédios da Vila dos Atletas.

"Nos últimos dias antes dos Jogos Olímpicos sempre há uma questão ou outra para se resolver. Os brasileiro vão resolver", disse Bach a repórteres no aeroporto internacional do Rio, ao ser questionado sobre os problemas na Vila Olímpica.

"Estamos ansiosos para ter grandes Jogos. Nós sempre tivemos confiança no Brasil e nos brasileiros de que vão ser Jogos fantásticos", acrescentou.

O dirigente alemão chegou à cidade-sede da Olimpíada na mesma semana em que delegações esportivas estrangeiras reclamaram duramente de problemas em edifícios da Vila Olímpica, como banheiros entupidos, vazamentos em encanamentos e sujeira dentro dos apartamentos. [nL1N1AB1J5]

Os organizadores dos Jogos e a Prefeitura do Rio montaram às pressas uma força-tarefa com mais de 600 operários para tentar resolver os problemas depois que a Austrália e outros países se recusaram a ingressar no alojamento enquanto as questões não fossem resolvidas. As autoridades prometeram solucionar a situação nesta semana.

Bach declarou estar animado para os primeiros Jogos Olímpicos na América do Sul, e citou a qualidade das arenas esportivas construídas para os Jogos e a empolgação do povo brasileiro com o esporte.

"A expectativa é alta por causa da paixão dos brasileiros pelos esportes, a alegria de viver, as instalações fantásticas que vamos ver. Será uma grande atmosfera olímpica pelo Brasil", afirmou.

O presidente do COI visitará mais tarde nesta quarta-feira, junto com o prefeito Eduardo Paes, o local na região portuária da cidade onde ficará a pira olímpica dos Jogos durante a competição, após ser acessa na cerimônia de abertura no estádio do Maracanã.

(Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)

 
Thomas Bach, presidente do COI, desembarca no aeroporto do Rio de Janeiro. 27/07/2016 REUTERS/Yasuyoshi Chiba/Pool