Paes se desculpa por polêmica com Austrália e promete torcer pelo país na Olimpíada

quarta-feira, 27 de julho de 2016 15:35 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, pediu desculpas nesta quarta-feira à delegação da Austrália por um "mal entendido" ocorrido depois que os australianos se recusaram a ficar na Vila Olímpica devido a problemas nos apartamentos, e disse que torcerá pelo país na Olimpíada como seu segundo time.

Paes afirmou que foi mal interpretado quando disse que pretendia colocar uma canguru no prédio da Austrália na Vila Olímpica em resposta às reclamações pelos problemas nos prédios, e entregou simbolicamente a chave da cidade à equipe australiana, que retribuiu com uma canguru de pelúcia.

“Quero pedir desculpas formais, sei que canguru é um símbolo do país e se houve qualquer mal entendido, peço desculpas”, disse Paes na cerimônia.

A delegação olímpica da Austrália foi a primeira a reclamar dos problemas na Vila dos Atletas, no domingo, quando se recusou a ingressar no local citando problemas como vasos entupidos, vazamentos e sujeira. A Argentina também deixou a vila, enquanto Itália, Nova Zelândia e outros países contrataram operários por contra própria para resolver os problemas.

Os organizadores dos Jogos e a Prefeitura do Rio montaram às pressas uma força-tarefa com mais de 600 operários para tentar resolver os problemas, e prometeram solucionar a situação nesta semana.

Os australianos, que elogiaram a resposta rápida do Rio, voltaram nesta quarta-feira para o alojamento oficial.

Segundo Paes, as obras da Vila dos Atletas aparentemente estavam bem encaminhadas até março, de forma que até houve uma desmobilização de alguns operários. No entanto, houve problemas posteriormente da parte do comitê organizador que comprometeram a finalização da obra, afirmou.

“Olimpíada é uma operação complexa e a gente trabalha para superar desafios. É normal que problemas aconteçam, e talvez tenha sido demais com a Austrália“, disse Paes à Reuters nesta quarta. “Houve uma falha do comitê e as coisas se degradaram e sumiram na Vila".

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

 
Prefeito do Rio, Eduardo Paes, posa para fotos com membros da delegação olímpica da Austrália. 27/07/2016  REUTERS/Edgard Garrido