Lesão de Rafael Nadal é “delicada”, diz Ferrer

quinta-feira, 28 de julho de 2016 12:28 BRT
 

(Reuters) - A situação da lesão do tenista Rafael Nadal é “delicada”, pouco antes dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, informou o colega de equipe espanhol David Ferrer.

Nadal, 14 vezes campeão de grand slam, não participa de uma partida competitiva desde 28 de maio, quando uma lesão no punho esquerdo o forçou a deixar o Aberto da França na segunda rodada, e também a ficar fora de Wimbledon.

O número quatro do mundo venceu a medalha de ouro em Pequim há oito anos e será o porta-bandeira da Espanha no Rio.

“Vou viajar com o Rafa no domingo para o Rio”, disse Ferrer à rádio espanhola Cadena Ser.

“Sua situação é mais delicada. Nunca é fácil voltar após uma lesão. Vamos ver como ele se sente.”

Roger Federer não participará dos Jogos por causa de uma lesão no joelho, e o finalista de Wimbledon Milos Raonic e outros tenistas não participarão do evento devido a preocupações com o vírus Zika.

“Nas Olimpíadas, você quer ver todos os outros jogadores competirem, então isso é uma pena”, disse Ferrer. “Mas nosso calendário é muito apertado e há também a questão do Zika.”

Ferrer, de 34 anos, está buscando deixar para trás uma decepcionante temporada e aproveitar a oportunidade de jogar sua terceira Olimpíada.

Seu desempenho caiu em 2016, ele deixou o ranking dos 10 melhores tenistas do mundo pela primeira vez em quase seis anos, antes de sofrer uma eliminação em Wimbledon na segunda rodada.

 
Rafael Nadal, durante entrevista à imprensa
 27/05/16  REUTERS