Tóquio elege primeira mulher governadora enquanto se prepara para Jogos Olímpicos de 2020

domingo, 31 de julho de 2016 12:01 BRT
 

TÓQUIO (Reuters) - Eleitores de Tóquio elegeram a primeira mulher governadora neste domingo, após dois predecessores deixarem o governo por conta de escândalos que ofuscaram as preparações da cidade para sediar os Jogos Olímpicos de 2020.

Yuriko Koike, primeira mulher Ministra da Defesa do Japão, venceu Hiroya Masuda, ex-burocrata e membro do partido do primeiro-ministro Shinzo Abe, e o jornalista liberal Shuntaro Torigoe, de acordo com uma pesquisa da rede pública NHK.

Koike, 64, irritou a ala de Tóquio do Partido Liberal Democrata, de Abe, ao não receber sua aprovação antes de anunciar sua candidatura para o governo da cidade. O Partido, ao contrário, lançou Masuda, 64, que já serviu como governador de uma província rural.

"Considerando este resultado muito fortemente, como nova governadora eu gostaria de avançar firmemente com a administração da metrópole", disse Koike, política experiente e fluente em inglês e árabe, aos apoiadores.

Uma importante questão da campanha foram as Olimpíadas de 2020, as quais o Japão espera que irão estimular sua economia, que tenta escapar décadas de deflação.

Após a renúncia dos dois governadores anteriores de Tóquio, Koike será responsável por salvar a reputação da cidade para sediar os jogos.

(Reportagem de Elaine Lies e Ami Miyazaki )