Com trânsito intenso, Rio decreta feriado na 5a-feira por tocha olímpica

terça-feira, 2 de agosto de 2016 12:23 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Depois de dois dias de intensos congestionamentos provocados pelo início do funcionamento de faixas olímpicas exclusivas em ruas do Rio de Janeiro, o prefeito Eduardo Paes anunciou nesta terça-feira mais um feriado, para quinta-feira, o quarto do período olímpico.

Paes argumentou que a tocha olímpica, que chega ao Rio na quinta, véspera da abertura dos Jogos, vai ser conduzida pela cidade e pode ter efeitos no trânsito.

O prefeito admitiu que as faixas exclusivas para uso de veículos ligados à Olimpíada estão provocando transtornos ao trânsito, ao retirar uma faixa dos motoristas em boa parte da cidade.

Nos dois dias de funcionamento das faixas olímpicas houve congestionamentos de mais de 100 quilômetros na cidade, e vias expressas como linha vermelha e linha amarela foram as mais afetadas pela mudança.

“Essas faixas geraram transtornos em toda a cidade, especialmente linha amarela, impactando de forma muito intensa a Barra da Tijuca. Houve impacto também em um trecho da linha vermelha”, disse ele a jornalistas. A Barra da Tijuca vai concentrar boa parte das competições olímpicas.

A prefeitura já tinha decretado três feriados na cidade por conta da Olimpíada: dia 5 de agosto, dia da abertura dos Jogos; dia 18 em razão da prova de triatlo e no dia 22, quando os atletas e delegações vão deixar a cidade, após o encerramento no dia 21 de agosto.

Desde o início da preparação para os Jogos, a prefeitura não descartava a possibilidade de decretar mais feriados por conta do trânsito na cidade. Paes pediu desculpas aos cariocas pelos transtornos.

"Me desculpem por mais um feriado, mas é uma questão de contingência. Será feriado municipal com comércio aberto. Estamos numa semana de treinamento", finalizou.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

 
Vista aérea do Rio de Janeiro mostra o Cristo Redentor e o estádio do Maracanã
16/07/2016 REUTERS/Ricardo Moraes/Files