August 3, 2016 / 9:07 PM / a year ago

Brasil inicia Olimpíada do Rio com vitória do futebol feminino sobre a China

3 Min, DE LEITURA

Brasileira Mônica (3) comemora com companheiras primeiro gol do Brasil na vitória por 3 x 0 sobre a China, no Engenhão. 03/08/2016Geoff Burke-USA TODAY Sports

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Brasil começou os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro com uma vitória da equipe de futebol feminino sobre a China por 3 x 0, nesta quarta-feira, em um clima festivo e com bom público no Estádio Olímpico.

Esse foi o primeiro evento dos Jogos envolvendo uma equipe brasileira, a dois dias da cerimônia de abertura do evento.

A seleção brasileira de futebol feminino busca no Rio sua primeira medalha de ouro olímpica, após ficar duas vezes com a prata, em Atenas 2004 e Pequim 2008.

Mesmo com sua maior estrela, Marta, bem marcada, o time comandado pelo técnico Vadão superou a forte --e às vezes desleal-- marcação das chinesas para estrear com uma vitória fácil. Mais cedo, também no estádio conhecido como Engenhão, a Suécia bateu a África do Sul por 1 x 0 pelo mesmo grupo.

O primeiro bom momento do Brasil na partida aconteceu aos 14 minutos. Após cruzamento da esquerda, a atacante Cristiane chutou de primeira e a goleira Lina Zhao espalmou para escanteio.

Aos 29, Beatriz conseguiu boa arrancada, driblou uma adversária, mas acabou travada no momento do chute.

A seleção continuou pressionando e aos 33 minutos Cristiane teve um chute defendido em cima da linha por uma zagueira adversária. No rebote, Formiga chutou para fora.

De tanto insistir, as brasileiras abriram o placar aos 36 minutos, com a zagueira Monica, de cabeça.

O único momento de ameaça das chinesas no primeiro tempo ocorreu já nos acréscimos, em um recuo mal feito da lateral Fabiana que saiu para escanteio.

O Brasil continuou melhor no segundo tempo e ampliou aos 14 minutos, quando Marta, até então apagada no jogo, avançou pela direita e tocou para Andressa Alves completar para o gol.

Marta, cinco vezes eleita a melhor do mundo pela Fifa, quase ampliou em uma bela jogada individual, mas seu chute da entrada da área foi defendido pela goleira.

Substituída por Debinha a 10 minutos do fim, Marta foi muito aplaudida pelos torcedores, que ainda comemoraram um gol de Cristiane, de cabeça, aos 45 minutos, e gritaram olé ao final do jogo.

Cristiane é a maior artilheira do futebol feminino em Olimpíadas e chegou agora a 13 gols. Ela marcou cinco gols em Atenas, cinco em Pequim e dois em Londres-2012.

Reportagem adicional de Caio Saad

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below