4 de Agosto de 2016 / às 21:07 / um ano atrás

Brasil empata em 0 x 0 com África do Sul em estreia frustrante do futebol

Neymar lamenta lance perdido em partida entre Brasil e África do Sul, em estreia da seleção na Olimpíada. O jogo terminou 0 x 0. 4/8/2016. REUTERS/Ueslei Marcelino

(Reuters) - Apontada como favorita à medalha de ouro na Olimpíada do Rio de Janeiro, a seleção brasileira de futebol masculino ficou apenas no empate de 0 x 0 com a África do Sul na estreia no torneio, nesta quinta-feira, e foi vaiada pelos torcedores no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

O Brasil teve dificuldades no jogo e só criou mais chances de gols depois dos 15 minutos do segundo tempo, quando os sul-africanos tiveram um jogador expulso.

O atacante Neymar, principal astro do time e um dos três jogadores com mais de 23 anos convocado pelo técnico Rogério Micale, teve atuação apagada e apareceu com perigo apenas em quatro chutes de fora da área.

O empate sem gols do Brasil, que busca o primeiro ouro olímpico no futebol, é mais um resultado frustrante da seleção em casa, depois da Copa do Mundo de 2014, quando o time perdeu a semifinal por 7 x 1 para a Alemanha e a disputa do terceiro lugar para a Holanda por 3 x 0, no mesmo estádio em Brasília.

Mesmo com um ataque forte, formado por Neymar, Gabriel e Gabriel Jesus, os brasileiros não conseguiram superar a defesa rival.

“O time tem muito a crescer ainda, vamos ver o que podemos melhorar para o próximo jogo”, disse o zagueiro Marquinhos após a partida.

Os sul-africanos começaram assustando logo aos 4 minutos. Após saída de jogo errada da defesa brasileira, Mothiba ficou na frente do goleiro Weverton, mas a finalização saiu prensada e a bola saiu.

Convocado de última hora para substituir Fernando Prass, lesionado, Weverton mostrou nervosismo no primeiro tempo, soltando algumas bolas fáceis, enquanto o ataque tinha dificuldades em criar jogadas.

A primeira boa oportunidade do Brasil ocorreu só aos 28 minutos, quando Neymar chutou de fora da área e o goleiro sul-africano Khune espalmou para escanteio.

Aos 34, Dolly chutou de longe de perna esquerda e a bola passou perto da trave de Weverton. Dois minutos depois, Felipe Anderson respondeu com um chute de primeira que também quase entrou.

Neymar teve outra chance aos 40 minutos, mas seu chute da entrada da área foi muito bem defendido pelo goleiro.

Após o intervalo, o Brasil continuou jogando mal e chegou a ser ameaçado pela África do Sul em alguns lances.

A situação começou a ficar favorável ao Brasil a partir dos 15 minutos, quando Mvala foi expulso ao receber o segundo cartão amarelo por falta violenta em Zeca.

Já com Luan e Rafinha nos lugares de Felipe Anderson e Renato Augusto, respectivamente, o Brasil criou ótima chance aos 24 minutos da etapa final, em jogada iniciada por Luan e finalizada por Gabriel Jesus na trave, dentro da pequena área.

Logo em seguida, Neymar chutou por cima do gol em mais um chute da entrada da área.

O Brasil ainda criou outras oportunidades, mas não conseguiu marcar, com a seleção saindo vaiada de campo.

No outro jogo do grupo, Dinamarca e Iraque também empataram por 0 x 0.

Por Tatiana Ramil, no Rio de Janeiro

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below