Judoca dos EUA diz que confronto com brasileira Mayra na final do Rio seria o "destino"

quinta-feira, 4 de agosto de 2016 20:39 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A judoca campeã olímpica norte-americana Kayla Harrison está ansiosa para competir em frente aos apaixonados torcedores brasileiros de judô, e espera encontrar a antiga rival brasileira Mayra Aguiar na final da Olimpíada do Rio, dizendo ser seu "destino".

Em uma das maiores rivalidades do judô mundial atualmente, Kayla e Mayra estão quase empatadas em uma disputa emparelhada, com a primeira detendo uma vantagem de 9 a 8 em número de vitórias.

Quatro anos atrás, em Londres, Kayla superou Mayra nas semifinais da categoria até 78kg antes de vencer a britânica Gemma Gibbons e se tornar a primeira judoca norte-americana da história a vencer um ouro olímpico. Mayra ficou com o bronze.

Em seu encontro mais recente, Kayla venceu Mayra em maio, no torneio World Judo Masters, no México.

"Eu desejo a ela boa sorte, assim como a todas as minhas competidoras, e espero vê-la na final", disse Kayla aos repórteres. "Enfrentei uma britânica na final em Londres, então acho que pode ser o destino enfrentar uma brasileira na final no Rio."

(Por Chris Gallagher)

 
Kayla Harrison (de branco) e Mayra Aguiar durante luta em Paris. 07/02/2016 REUTERS/Charles Platiau