Nadadora russa é incluída de última hora nos 100 metros borboleta

sábado, 6 de agosto de 2016 13:57 BRT
 

(Reuters) - Os mesários da Rio 2016 tiveram que rapidamente reescrever a listagem de atletas que participariam das baterias dos 100 metros borboleta na natação feminina, neste sábado, para incluir a russa Natalia Lovstsova, que em cima da hora conseguiu reverter um banimento por doping.

Ela era uma das cinco russas que, de acordo com o presidente da federação da Rússia de natação, foram reintegradas de última hora à equipe após apelarem com sucesso na Corte Arbitral do Esporte.

A preparação para os Jogos do Rio foi ofuscada pela revelação de um grande esquema de doping na Rússia, com participação até mesmo do governo, que culminou na exclusão de diversos atletas.

Natalia Lovtsova, de 28 anos, vai competir na última das seis baterias, que ainda conta com a campeã mundial Sarah Sjostrom da Suécia. 

(Por Mark Trevelyan)