Kitadai é derrotado e judô brasileiro fica sem medalha no 1º dia

sábado, 6 de agosto de 2016 16:21 BRT
 

Por Tatiana Ramil

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Felipe Kitadai, medalhista de bronze em Londres-2012, foi derrotado pelo uzbeque Diyorbek Urozboev na repescagem da categoria até 60 Kg, neste sábado, e o Brasil terminou o primeiro dia das competições de judô nos Jogos do Rio sem medalha.

Ao deixar o tatame, Kitadai, que perdeu por ippon, se abaixou e chorou, sendo aplaudido pela torcida brasileira na Arena Carioca 2.

A outra representante do Brasil no primeiro dia de disputa, Sarah Menezes, também perdeu na repescagem. Ela tinha sido campeã em Londres-2012.

Kitadai ficou fora da disputa do ouro ao perder para Orkhan Safarov, do Azerbaijão, também por ippon. Empurrado pela torcida, mostrou cautela contra Safarov e demorava para se levantar a cada paralisação da luta, até que o adversário encaixou o golpe.

Antes, o brasileiro tinha levantado a torcida que transformou a Arena Carioca 2 em um caldeirão, com duas vitórias.

Na primeira luta, Kitadai enfrentou o francês Walide Khyar e venceu com um golpe a poucos segundos do final.

O brasileiro perdia por duas advertências contra uma quando conseguiu um yuko. A torcida vibrou muito com o golpe e o francês saiu desolado do tatame. Apesar de ter sido chamado de "chorão" pela torcida por ter reclamado com os juízes, o francês acenou com um jóia.

Contra o segundo adversário, o alemão Tobias Englmaier, Kitadai teve uma luta mais tranquila. Conseguiu um yuko no começo e administrou bem até o final.

 
Kitadai, pelo uzbeque Diyorbek Urozboev 
06/08/2016