6 de Agosto de 2016 / às 21:22 / em um ano

Sarah Menezes sofre lesão, perde na repescagem e judô brasileiro estreia sem medalha

Sarah Menezes, que está fora da Olimpíada 06/08/2016 REUTERS/Toru Hanai

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Brasil ficou sem medalha no primeiro dia do judô nos Jogos do Rio, neste sábado, quando a campeã olímpica de Londres 2012 Sarah Menezes deslocou o cotovelo, que ela mesma colocou no lugar, e perdeu uma luta da repescagem antes de chegar à disputa direta pelo pódio.

De acordo com o médico da equipe de judô do Brasil, Mateus Saito, Sarah sofreu a lesão no final do combate com Urantsetseg Munkhbat, da Mongólia, e a própria atleta contou ter colocado o cotovelo de volta no lugar.

Como a luta estava nos últimos segundos e empatada, Sarah disputou o golden score, quando de novo teve o braço imobilizado pela rival, sem condições de continuar no combate e sendo derrotada por ippon. Ela ainda permaneceu algum tempo no tatame, reclamando de dores, e logo depois foi encaminhada para a clínica na Vila dos Atletas.

“Ela tomou uma chave de braço e fará exames para determinar exatamente qual a lesão. Ela relatou a sensação de que o braço saiu do lugar e ela mesma colocou de volta”, disse Saito a jornalistas.

Sarah, que disputa a categoria até 48 kg, era uma das maiores esperanças de medalha do judô brasileiro, assim como Felipe Kitadai, medalhista de bronze em Londres, que também perdeu na repescagem neste sábado.

Sarah ficou fora da disputa pelo bicampeonato ao ser derrotada nas quartas de final pela cubana Dayaris Mestre Alvarez.

A judoca perdeu por ter tomado uma punição no começo da luta, quando a cubana era mais agressiva e tentava mais golpes. A brasileira tentou reverter o placar, mas, quando conseguiu aplicar um golpe, o cronômetro já tinha se encerrado e a cubana avançou.

Para o coordenador de alto rendimento da Confederação Brasileira de Judô, Ney Wilson, Sarah “não foi bem taticamente na luta”.

Desapontada, ela deixou o tatame aplaudida pela torcida, enquanto a técnica Rosicléia Campos tentava reanimá-la para a luta da repescagem, que acabou de forma traumática.

Em sua primeira luta, na manhã de sábado, Sarah dominou o combate contra a belga Charline Van Snick e venceu por um yuko. Mesmo tendo sido a pontuação mínima, a brasileira controlou bem a luta e não foi muito ameaçada pela rival.

KITADAI ABATIDO

Kitadai foi derrotado pelo uzbeque Diyorbek Urozboev na repescagem da categoria até 60 Kg. Ao deixar o tatame após derrota por ippon, se abaixou e chorou, sendo aplaudido pela torcida brasileira na Arena Carioca 2.

“Eu tinha condições de conquistar uma medalha, mas judô é difícil prever. Dei o meu melhor”, disse o judoca, com os olhos marejados.

Kitadai ficou fora da disputa do ouro ao perder para Orkhan Safarov, do Azerbaijão, também por ippon. Empurrado pela torcida, mostrou cautela contra Safarov e demorava para se levantar a cada paralisação da luta, até que o adversário encaixou o golpe.

Antes, o brasileiro tinha levantado a torcida que transformou a Arena Carioca 2 em um caldeirão, com duas vitórias.

Na primeira luta, Kitadai enfrentou o francês Walide Khyar e venceu com um golpe a poucos segundos do final. Contra o segundo adversário, o alemão Tobias Englmaier, Kitadai teve uma luta mais tranquila. Conseguiu um yuko no começo e administrou bem até o final.

O judô é uma das principais apostas de medalha do Brasil, que no Rio tem a meta de ficar pela primeira vez entre os 10 primeiros no número total de medalhas.

Wilson, da CBJ, admitiu que “foi um dia ruim”, mas garantiu permanece confiante para as disputas dos outros 12 judocas brasileiros. “Isso não tira a confiança do trabalho que foi realizado. Ainda temos munição para queimar”, afirmou Wilson.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below