Sarah Menezes sofre lesão, perde na repescagem e judô brasileiro estreia sem medalha

sábado, 6 de agosto de 2016 18:29 BRT
 

Por Tatiana Ramil

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Brasil ficou sem medalha no primeiro dia do judô nos Jogos do Rio, neste sábado, quando a campeã olímpica de Londres 2012 Sarah Menezes deslocou o cotovelo, que ela mesma colocou no lugar, e perdeu uma luta da repescagem antes de chegar à disputa direta pelo pódio.

De acordo com o médico da equipe de judô do Brasil, Mateus Saito, Sarah sofreu a lesão no final do combate com Urantsetseg Munkhbat, da Mongólia, e a própria atleta contou ter colocado o cotovelo de volta no lugar.

Como a luta estava nos últimos segundos e empatada, Sarah disputou o golden score, quando de novo teve o braço imobilizado pela rival, sem condições de continuar no combate e sendo derrotada por ippon. Ela ainda permaneceu algum tempo no tatame, reclamando de dores, e logo depois foi encaminhada para a clínica na Vila dos Atletas.

"Ela tomou uma chave de braço e fará exames para determinar exatamente qual a lesão. Ela relatou a sensação de que o braço saiu do lugar e ela mesma colocou de volta", disse Saito a jornalistas.

Sarah, que disputa a categoria até 48 kg, era uma das maiores esperanças de medalha do judô brasileiro, assim como Felipe Kitadai, medalhista de bronze em Londres, que também perdeu na repescagem neste sábado.

Sarah ficou fora da disputa pelo bicampeonato ao ser derrotada nas quartas de final pela cubana Dayaris Mestre Alvarez.

A judoca perdeu por ter tomado uma punição no começo da luta, quando a cubana era mais agressiva e tentava mais golpes. A brasileira tentou reverter o placar, mas, quando conseguiu aplicar um golpe, o cronômetro já tinha se encerrado e a cubana avançou.

Para o coordenador de alto rendimento da Confederação Brasileira de Judô, Ney Wilson, Sarah "não foi bem taticamente na luta".   Continuação...

 
Sarah Menezes, que está fora da Olimpíada
 06/08/2016 REUTERS/Toru Hanai