7 de Agosto de 2016 / às 17:46 / em um ano

CURTAS-Mochilas ambulantes pelo Rio são dor de cabeça para forças de segurança

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Mochilas ambulantes que têm aparecido em diversos pontos da cidade vêm dando dor de cabeça para as autoridades de segurança dos Jogos do Rio desde o começo do período olímpico, diante da preocupação com a possibilidade de uma ameaça de bomba.

Neste domingo, a Avenida das Américas, a principal da Barra da Tijuca, foi parcialmente fechada devido a uma mala abandonada em uma estação do sistema de ônibus expresso BRT. O esquadrão antibombas foi acionado e os agentes adotaram o protocolo de detonação. A ameaça não foi confirmada, segundo a Polícia Federal.

No sábado foram três casos de bolsas suspeitas, e uma mala abandonada foi detonada em Copacabana perto do percurso da prova de ciclismo de estrada, também sem que a ameaça fosse confirmada.

“FORA TEMER” ESTÁ PROIBIDO

Um torcedor que levantou um placa com a inscrição “Fora Temer” foi retirado da plateia que acompanhava no sábado uma prova de tiro com arco no Sambódromo. O homem, que estava com a família e amigos, foi retirado do local por homens da Força Nacional de Segurança.

Uma lei federal proíbe manifestações políticas e religiosas nas arenas olímpicas para não afetar o clima de harmonia e o espírito olímpico.

BRANDÃO BRASILEIRO ASSALTA BRANDÃO PORTUGUÊS

O ministro da Educação de Portugal, Tiago Brandão Rodrigues, foi assaltado no sábado na Lagoa Rodrigo de Freitas, onde são disputadas as provas de remo. O assaltante foi pego por transeuntes e levado para uma delegacia pela polícia, e os pertences do ministro foram recuperado. O suspeito do assalto foi identificado como Márcio Luiz Brandão.

VENTO, VENTANIA

A ventania deste domingo no Rio de Janeiro, que provocou diversos problemas para os organizadores da Olimpíada, teve rajadas superiores a 80 km/h em alguns pontos da cidade.

Todas as regatas deste domingo na Lagoa Rodrigo de Freitas foram suspensas devido ao vento, que também rasgou as telas da estrutura do Estádio Aquático e derrubaram lixeiras do Parque Olímpico, espalhando sujeira pelo chão. A principal loja de souvenirs do Parque Olímpico foi fechada.

PACIÊNCIA NO TRÂNSITO

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, voltou a pedir neste domingo para que as pessoas não usem carros e evitem deslocamentos desnecessários na segunda-feira, primeiro dia útil na cidade com competições dos Jogos Olímpicos.

Na semana passada, quando começaram a funcionar as faixas olímpicas, o trânsito ficou caótico, o que levou o prefeito a decretar de última hora um feriado na quinta-feira, véspera da abertura e dia de circulação da tocha.

“Peço compreensão de todos para que evitem grandes deslocamentos, que se utilizem principalmente de transporte público”, disse Paes em redes sociais.

Reportagem de Rodrigo Viga Gaier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below