Sueca Sjostrom supera a si mesma e estabelece novo recorde mundial nos 100m borboleta na Rio 2016

domingo, 7 de agosto de 2016 23:17 BRT
 

Por Mark Trevelyan

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A nadadora sueca Sarah Sjostrom quebrou seu próprio recorde mundial neste domingo para conquistar a medalha de ouro nos 100 metros nado borboleta nos Jogos Rio 2016 e se tornar a primeira mulher sueca a conquistar uma medalha de ouro olímpica na natação.

Penny Oleksiak, do Canadá, ficou com a medalha de prata e Dana Vollmer, dos Estados Unidos e atual campeã olímpica, ficou com o bronze.

Sjostrom, três vezes campeã mundial da prova, marcou o tempo de 55s48 para quebrar sua marca anterior de 55s64, estabelecida na Rússia há um ano. Foi a primeira medalha olímpica da atleta de 22 anos, que disputa sua terceira edição dos Jogos.

 
Nadadora sueca Sarah Sjostrom segura a bandeira na cerimônia de premiação dos 100 metros nado borboleta na Rio 2016
07/08/2016 REUTERS/Dominic Ebenbichler