Brasil volta a decepcionar e repete 0 x 0 no futebol da Olimpíada

segunda-feira, 8 de agosto de 2016 00:26 BRT
 

(Reuters) - A seleção de futebol do Brasil voltou a decepcionar neste domingo e repetiu contra o Iraque o empate sem gols da estreia nos Jogos Olímpicos Rio 2016, resultado que fez com que a torcida desse uma sonora vaia à seleção no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

O Brasil chegou a ser pressionado pela equipe iraquiana, mas criou as melhores chances da partida, pontuada por demonstrações de descontentamento dos torcedores que também vaiaram a equipe em alguns momentos durante o jogo e chegaram a gritar o nome da seleção adversária.

Com dois pontos em duas partidas, a seleção precisa agora de uma vitória contra a Dinamarca no último jogo da fase de grupos do torneio olímpico de futebol para não depender de outros resultados para se classificar para a próxima fase e manter viva a possibilidade de conquistar o inédito ouro olímpico.

Renato Augusto desperdiçou boas chances para dar a vitória ao Brasil, como aos 43 minutos do segundo tempo, quando mandou uma bola no travessão do goleiro Mohammed Hameed.

O jogador, que atualmente atua no futebol chinês, perdeu a maior chance de dar os três pontos ao Brasil ao mandar por cima do gol vazio já nos acréscimos da partida.

Principal estrela da seleção e maior nome do torneio olímpico de futebol no Rio, Neymar voltou a ter uma atuação apagada, como havia feito na estreia contra a África do Sul, e pouco apareceu durante a partida.

Os jogadores saíram de campo sem dar entrevistas.

O Brasil volta a campo na quarta-feira em Salvador para decidir sua sorte no torneio olímpico de futebol contra a Dinamarca, que lidera o Grupo A da competição depois de vencer, também neste domingo, a África do Sul por 1 x 0.

(Por Eduardo Simões, em São Paulo)

 
Neymar em jogo do Brasil contra o Iraque.  07/08/2016.  REUTERS/Ueslei Marcelino