Mesmo com apoio da torcida, Rogerinho é eliminado no tênis da Rio 2016

segunda-feira, 8 de agosto de 2016 19:43 BRT
 

Por Caio Saad

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Apesar do constante apoio vindo das arquibancadas, o tenista brasileiro Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, foi eliminado nesta segunda-feira dos Jogos Rio 2016 pelo francês Gael Monfils, na segunda rodada o torneio olímpico.

Rogerinho, de 32 anos e 95º no ranking da Associação Profissional de Tênis (ATP), não possui nenhum grande título internacional e foi uma presa fácil para Monfils, número 11 do mundo, que fechou a partida em 6-2 e 6-4.

O francês foi vaiado pela torcida ao dar giros em quadra após rebater bolas fáceis, além de ser alvo de vaias em quase todas as bolas que errou. Mas a ajuda da arquibancada não suficiente para mudar o resultado da partida.

Mesmo entrando melhor no segundo set, Rogerinho não conseguiu quebrar nenhum game durante a partida. Ainda assim ele disse que não irá esquecer o jogo dentro de casa em uma Olimpíada.

"É uma sensação incrível. A torcida gritando 'eu acredito' mesmo estando um set abaixo, um break abaixo, contra um cara que é 10 do mundo", disse Dutra a repórteres.

"Acho que é demais. É um sentimento que eu vou guardar para o resto da minha vida e pensar nesse momento e levar pro meu dia a dia", acrescentou o tenista, que na primeira rodada no Rio venceu o italiano Thomas Fabbiano.

O brasileiro deixa os Jogos Rio 2016, mas espera que esta não seja sua última Olimpíada e disse que seu foco atual é para o Aberto dos Estados Unidos, o US Open.

"Vou trabalhar para quem sabe chegar na próxima Olimpíada... mas meu próximo passo é o US Open. O foco é 100 por cento na preparação para o US Open".