Mariana Silva vence três lutas e avança para semifinal do judô

terça-feira, 9 de agosto de 2016 13:37 BRT
 

Por Pedro Fonseca

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A judoca Mariana Silva, uma das menos badaladas da equipe olímpica brasileira da modalidade, venceu as três primeiras lutas realizadas nesta terça-feira na categoria até 63 kg e avançou para as semifinais da tarde nos Jogos Rio 2016, se aproximando de uma medalha.

Mariana, de 26 anos, não tem currículo tão vitorioso quanto outros judocas brasileiros, tendo como melhor resultado um bronze nos Jogos Pan-Americanos de 2015, mas conseguiu um desempenho expressivo nesta manhã, um dia depois de também judoca Rafaela Silva conquistar o primeiro ouro do Brasil na Rio 2016.

Na última luta da manhã, pelas quartas de final, a brasileira derrotou a israelense Yarden Gerbi, campeã mundial em 2013 no Rio e segunda coloca na Rússia em 2014, com um golpe decisivo no golden score, em um combate que precisou ser interrompido para que Yarden recebesse atendimento após sofrer um ferimento com sangramento na boca.

Nos combates anteriores Mariana derrotou a alemã Martyna Trajdos, numa luta sem pontuação em que a adversária levou mais punições de shido do que a brasileira, e passou na estreia na Arena Carioca 2 pela ganesa Szandra Szogedi, por ippon.

Na disputa entre os homens, na categoria até 81 kg, o brasileiro Victor Penalber perdeu na segunda luta, para Sergiu Toma, e foi eliminado.

 
Mariana Silva (azul) durante combate contra alemã Martyna Trajdos na Rio 2016.    09/08/2016         REUTERS/Toru Hanai