Esperança de medalha, dupla brasileira de tênis Melo e Soares é eliminada

terça-feira, 9 de agosto de 2016 22:30 BRT
 

Por Pedro Fonseca

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Apontados como candidatos a conquistar a primeira medalha olímpica do tênis brasileiro na história, Marcelo Melo e Bruno Soares deram adeus à competição de duplas dos Jogos do Rio ao serem derrotados nesta terça-feira pela dupla da Romênia Florin Mergea e Horia Tecau por 6-4, 5-7 e 6-2.

Cabeças de chave número três da Olimpíada, e com bons resultados jogando com outros parceiros no circuito mundial, os dois mineiros tinham ampliado as expectativas em torno de suas chances de pódio ao derrotarem na véspera o número um do mundo, Novak Djokjovic, e seu parceiro sérvio Nenad Zimonjic, para alcançar as quartas de final.

Contra os romenos, no entanto, os brasileiros enfrentaram enorme dificuldade para devolver os saques tanto de Mergea como de Horia, e em contrapartida foram quebrados três vezes, a primeira delas logo no primeiro serviço do jogo, de Melo.

Empurrados pela torcida, que diversas vezes foi advertida pelo árbitro pelos gritos em momentos inoportunos em uma partida de tênis, os brasileiros conseguiram empatar o jogo em 1 set a 1 graças a um erro de smash da dupla romena no fim da segunda parcial.

O terceiro set, no entanto, foi facilmente vencido pelos visitantes, que conseguiram duas quebras de vantagem e abriram frente de 5-1, antes de fecharem em 6-2.

Melo e Soares não costumam jogar juntos no circuito mundial de tênis, mas têm tido bons resultados com outros parceiros nos últimos anos.

Soares foi campeão do Aberto da Austrália neste ano em duplas masculinas e mistas, enquanto Melo já foi número um do mundo nas duplas e campeão de Roland Garros em 2015.

Caso tivesse vencido, a dupla brasileira alcançaria a semifinal e disputaria no mínimo a medalha de bronze.   Continuação...

 
Bruno Soares, em torneio no Canadá
30/72016 Nick Turchiaro-USA TODAY Sports