Queda no nível de alcalinidade deixou água de piscina da Rio 2016 verde, dizem organizadores

quarta-feira, 10 de agosto de 2016 15:17 BRT
 

Por Karolos Grohmann

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A piscina de saltos dos Jogos Rio 2016 voltará a ter a cor azul "clássica" nesta quarta-feira, garantiram os organizadores, que culparam a queda nos níveis de alcalinidade pelas águas verdes vistas durante competição na terça-feira.

A água da piscina na terça-feira estava com coloração verde forte, desorientando competidores, que disseram que não conseguiam enxergar seus parceiros debaixo d' água.

A misteriosa cor da água, que contrastou com a coloração azul da piscina de polo, logo ao lado, ficou claramente visível para milhões de espectadores ao redor do mundo, e muitos brincaram sobre algas e tintas nas redes sociais.

Os organizadores disseram que testes na piscina de mergulho do Estádio Aquático Maria Lenk são feitos regularmente e que a qualidade da água não é uma ameaça à saúde dos competidores.

"Houve uma queda súbita de alcalinidade", disse o diretor de Comunicação da Rio 2016, Mario Andrada. "Níveis de pH e cloro são checados regularmente".

"As pessoas encarregadas da manutenção não poderiam ter feito mais testes. Provavelmente falhamos em notar que com mais atletas, a água poderia ser afetada", disse Andrada.

Ele garantiu que a água não apresenta riscos à saúde dos mergulhadores e, apesar da chuva deixar o processo de mudança de cor mais lento, isto irá ocorrer nesta quarta-feira.

"Não há risco absolutamente para ninguém. O grupo independente (encarregado de chegar a qualidade da água) confirmou as medidas para deixar a água com sua cor normal."

 
Autoridades analisam água no Maria Lenk,
 09/08/2016 REUTERS/Antonio Bronic