Mayra Aguiar avança para semifinal do judô e Brasil volta a ter chance de medalha

quinta-feira, 11 de agosto de 2016 12:43 BRT
 

Por Pedro Fonseca

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A judoca campeã mundial Mayra Aguiar se classificou para as semifinais da categoria até 78 quilos com duas vitórias na manhã desta quinta-feira na Olimpíada do Rio, e voltará ao tatame da Arena Carioca 2 à tarde em busca da segunda medalha olímpica da carreira.

Bronze em Londres 2012 e campeã mundial em 2014, Mayra lutou com inteligência durante o duro confronto com a alemã Luise Malzahn nas quartas de final, vencendo graças a uma punição de shido imposta à adversária, numa luta sem pontuação por golpes.

No primeiro combate a brasileira passou pela australiana Miranda Giambelli com uma imobilização.

No penúltimo dia de disputas do judô nos Jogos do Rio, o Brasil tem em Mayra a esperança de voltar ao pódio em casa. Até o momento, a modalidade só conquistou uma medalha, o ouro de Rafaela Silva.

Existe uma grande expectativa para um reencontro de Mayra com sua arquirrival Kayla Harrison, dos Estados Unidos, que a derrotou na semifinal em Londres a caminho de conquistar o ouro olímpico. Assim que pisou no tatame da Arena Carioca 2 logo em sua primeira luta contra uma chinesa a norte-americana foi bastante vaiada pela torcida brasileira.

Na chave masculina desta quinta, Rafael Buzacarini avançou na categoria até 100 kg com uma vitória no primeiro combate contra o uruguaio Pablo Aprahmian, mas depois enfrentou o campeão mundial Ryunosuke Haga, do Japão, e foi eliminado.

O brasileiro, de 24 anos, deu bastante trabalho a um dos favoritos ao ouro no Rio e só foi derrotado por uma punição de shido sofrida faltando menos de um minuto para o final do combate.

"Sabia que ia ser uma luta dura... Isso não foi shido, mas é interpretação do árbitro, e agora é levantar a cabeça", lamentou o judoca após o confronto.

O judô brasileiro tem como objetivo no Rio superar as quatro medalhas de Londres 2012, uma de ouro e três de bronze, em termos de quantidade ou qualitativamente.

A única medalha conquistada pelos judocas brasileiros até o momento foi o ouro de Rafaela Silva, e houve frustração com as derrotas precoces dos medalhistas olímpicos Sarah Menezes, Tiago Camilo e Felipe Kitadai.

 
Mayra Aguiar em luta contra a australiana Miranda Giambelli. 11/08/2016.  REUTERS/Toru Hanai