Larissa deixa aposentadoria para buscar ouro no vôlei de praia

quinta-feira, 11 de agosto de 2016 13:26 BRT
 

Por Stephen Eisenhammer

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A jogadora brasileira de vôlei de praia Larissa França já tinha se aposentado do esporte quando Talita Rocha fez uma oferta em 2014 que seria impossível de recusar: competir nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

"Perguntei se ela queria jogar este evento mágico... uma Olimpíada em casa, uma oportunidade que poucos atletas têm", disse Talita à Reuters após derrotar as polonesas Kolosinska e Brzostek em sets seguidos nesta quinta-feira na praia de Copacabana.

"Disse a ela que haveria uma arena como esta... que as pessoas iriam gritar nossos nomes", acrescentou Talita. "Acho que a convenci."

Larrisa, de 34 anos, havia anunciado sua aposentadoria pouco após os Jogos de Londres, em 2012.

Como nova dupla, ela e Talita não perderam um set na fase de grupos e já aparentam ser a dupla mais forte para parar a norte-americana Kerri Walsh Jennings na conquista de mais um ouro, após três medalhas de ouro nas últimas três Olimpíadas.

As duas se complementam, sendo Talita mais alta, com 1,81 metro, enquanto Larissa possui 1,74m. Mais do que diferença de altura, no entanto, se complementam nas atitudes.

"A dupla combina a tranquilidade e paciência dela com minha agressividade", disse Larissa.

Larissa e Talita avançaram para as oitavas de final como líderes do Grupo A.

((Tradução Redação Rio de Janeiro; 552122237141))

REUTERS CS TR

 
Larissa em ação na Rio 2016.  11/08/2016.  REUTERS/Ricardo Moraes