Holanda precisa decidir se ginasta Van Gelder competirá ou não após expulsão, diz COI

quinta-feira, 11 de agosto de 2016 15:06 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Os dirigentes da delegação holandesa devem decidir se o ginasta Yuri van Gelder pode competir na final das argolas após ser expulso da Olimpíada do Rio por infringir a proibição ao consumo de bebidas alcoólicas na comemoração por sua classificação, anunciaram os organizadores dos Jogos nesta quinta-feira.

O atleta, de 33 anos, foi expulso da Olimpíada quando violou as regras da equipe holandesa sobre o consumo de álcool e deixou a base da equipe após sair da Vila Olímpica na noite de sábado e passar a noite comemorando.

Ele está tentando agora contestar judicialmente a decisão de bani-lo da competição, mas o Comitê Olímpico Internacional (COI) disse que cabe ao Comitê Olímpico da Holanda (COH) a decisão final.

"Cabe ao COH escolher os membros de sua equipe e eles também precisam levar em consideração a decisão de qualquer caso jurídico", disse o porta-voz do COI, Mark Adams, aos repórteres. "Mas a decisão é do COH".

A equipe holandesa impôs condições rígidas a seus atletas no Rio. De acordo com a mídia, eles são proibidos de visitar alguns locais do Rio por razões de segurança e atletas que concluíram seus eventos devem retornar para casa para evitar distrair os colegas.

(Por Karolos Grohmann)