Phelps volta a fazer história com quatro ouros olímpicos na mesma prova

sexta-feira, 12 de agosto de 2016 10:14 BRT
 

Por Mark Trevelyan

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O norte-americano Michael Phelps colocou mais uma medalha de ouro em seu currículo histórico, a 22a em Jogos Olímpicos, dessa vez estabelecendo uma nova marca inédita: quatro vitórias seguidas na mesma prova em Olimpíadas.

Phelps venceu os 200 metros do medley na noite de quinta-feira, à frente do japonês Kosuke Hagino, campeão dos 400m medley, e do chinês Wang Shun levou, que levou o bronze, ambos realizando uma arrancada dramática no trecho final depois de fazerem a virada na quinta e sétima posições.

O brasileiro Thiago Pereira terminou em sétimo, após nadar três quartos da prova lado a lado com Phelps.

Foi mais uma exibição extraordinária de Phelps, de 31 anos, que já conseguiu dois ouros individuais e dois no revezamento em sua quinta Olimpíada, dois anos depois de desistir da aposentadoria.

Seu quadro de medalhas pessoal chegou a 26, incluindo duas pratas e dois bronzes, antes da final dos 100 metros borboleta nesta sexta-feira. Treze de seus ouros vieram de provas individuais e o resto do revezamento.

"Neste momento não sei como lidar com isso. Não sei o que dizer. Tem sido uma tremenda carreira", disse Phelps a repórteres, ao mesmo tempo em que reconheceu o preço que isso cobra de seu corpo aos 31 anos de idade.

"Doeu muito... meu corpo está dolorido, minhas pernas doem, estou cansado".

Apesar de conquistar quatro ouros em 2012, Phelps afirmou ter ficado insatisfeito com sua preparação e seus resultados em Londres, e que deseja se despedir no Rio em seus próprios termos.   Continuação...

 
Michael Phelps exibe ouro ganho nos 200m medley. 11/08/2016 REUTERS/Dominic Ebenbichler