Organizadores fecham piscina de saltos ornamentais para tratar água verde

sexta-feira, 12 de agosto de 2016 14:59 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Os organizadores da Olimpíada Rio 2016 cancelaram os treinos de saltos ornamentais na manhã desta sexta-feira e fecharam a piscina do Parque Aquático Maria Lenk para tentar recuperar o tom azul original da água.

A piscina dos saltos ficou verde nesta semana, se tornando alvo de inúmeras críticas e piadas e criando uma dor de cabeça para os organizadores. Uma piscina adjacente, usada para o pólo aquático e o nado sincronizado, também começou a mudar de cor nos últimos dias.

"Nós confirmamos que os treinos dos saltos ornamentais no Parque Aquático Maria Lenk foi cancelado esta manhã", disse o Comitê Rio 2016 em comunicado.

O motivo é que a água precisa ficar parada para então a piscina retornar à sua cor azul original o mais rapidamente possível, segundo os organizadores.

Os atletas estão treinando fora da água nesta manhã no Maria Lenk, acrescentou a organização, fazendo referência ao setor da arena em que os atletas podem praticar usando trampolins.

Os organizadores dos Jogos disseram que a piscina reabriria mais tarde nesta sexta-feira para treinamentos, assim como para as preliminares do salto em trampolim de três metros para mulheres.

A federação internacional de esportes aquáticos, a Fina, disse que a mudança de cor da água foi resultado de uma falha dos organizadores no tratamento, depois que os produtos químicos dos tanques acabarem.

(Por Brenda Goh)

 
Piscinas do Parque Aquático Maria Lenk. 09/08/2016 REUTERS/Antonio Bronic