Bolt tem início "lento" e faz o suficiente para vencer eliminatória dos 100m

sábado, 13 de agosto de 2016 14:02 BRT
 

Por Scott Malone

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O astro jamaicano Usain Bolt venceu sua bateria nos 100 metros rasos, no que ele chamou de um início "lento" neste sábado, enquanto se prepara para o desafio de enfrentar o norte-americano Jason Gatlin pelo título olímpico na Rio 2016.

Bolt, que completa 30 anos no último dia dos Jogos, espera terminar em alta a sua última Olimpíada e conquistar de novo o ouro nos 100m, 200m e revezamento 4x100m, num inédito "triplo-triplo".

O astro se classificou com o tempo de 10s07, pegando o ritmo depois de parecer com olhar preocupado no aquecimento.

"Não foi o melhor começo, me sinto lento. Acho que é o fato de ser de manhã. Eu normalmente não corro neste horário", disse Bolt a repórteres após a corrida, que começou 12h42, com sol quente.

"Espero que amanhã eu me sinta muito melhor", acrescentou ele, sobre as semifinais e a final no domingo à noite.

Gatlin, de 34 anos, ficou com um tempo mais rápido de manhã, 10s01. O campeão de 2004 busca se tornar o homem mais velho a ganhar uma medalha nos 100m e o primeiro a fazê-lo depois de cumprir duas suspensões por doping.

"Me senti bem. Acho que vou ter que correr um pouco mais rápido (do que o melhor dele na temporada 9s80) para ganhar esta medalha", disse Gatlin.

 
Bolt durante bateria dos 100m no Rio.  13/08/2016.       REUTERS/Phil Noble