CURTAS-Astros do basquete de Brasil e Argentina pedem paz e união entre torcidas

sábado, 13 de agosto de 2016 14:56 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Os astros do basquete de Brasil e Argentina Marcelinho Huertas e Luiz Scola fizeram um discurso antes do duelo entre as seleções neste sábado, pedindo paz e união entre as duas torcidas rivais na Rio 2016.

Scola foi vaiado assim que começou a falar e precisou dar uma pausa no discurso, com um sorriso amarelo. O esquema de segurança foi reforçado para o jogo e há mais agentes da Força Nacional de Segurança Pública na arena e circulando pelas arquibancadas.

BUENA ONDA

Fanático pelo basquete, um torcedor argentino disse que pagou cerca de 400 dólares para ver o jogo Brasil x Argentina e que espera ver uma grande partida, não brigas.

"Espero que esteja tudo bem, eu venho me divertir e espero que os brasileiros o tomem da mesma maneira", disse o empresário Emmanuel de Ramos, 33 anos. Para ele, a rivalidade divertida é aceitável, mas desaprova quando passa dos limites.

"Tenho 'buena onda' com os brasileiros", disse, sem medo de vestir a camisa do seu país.

ALISON E BRUNO PODEM PEGAR "HUBER"   Continuação...

 
Scola e Nenê durante jogo entre Argentina e Brasil.  13/08/2016. REUTERS/Charlie Neibergall