Jemima Sumgong torna-se 1ª queniana a vencer a maratona olímpica

domingo, 14 de agosto de 2016 12:51 BRT
 

Por Scott Malone

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A queniana Jemima Jelagat Sumgong venceu a medalha de ouro na maratona olímpica feminina, neste domingo, em 2h24min04s, tornando-se a primeira mulher queniana a levar esse título.

Eunice Jepkirui, do Bahrein, ficou com a medalha de prata, e a etíope Mare Dibaba ganhou o bronze.

Jemima Sumgong, de 31 anos, administrou seu tempo durante a corrida, mantendo-se no pelotão da frente, sem arrancar, até que chegassem os minutos finais.

A bielorrussa Volha Mazuronak, 27 anos, assumiu a liderança, por volta da metade da prova, e ficou brevemente á frente do pelotão. Isso obrigou o restante dos corredores a apertarem o ritmo, separando um pelotão que tinha mais de duas dúzias de competidores, porque alguns deles não conseguiram acompanhar.

Foi o primeiro de uma série de ataques da estreante em Olimpíadas, que eventualmente não conseguiu manter o ritmo e foi superada pelos líderes nos metros finais, terminando a prova em quinto. 

 
Jemima Sumgong, vence maratona na Rio 2016
14/08/2016 REUTERS/Sergio Moraes