Queda de câmera de televisão deixa ao menos 3 feridos dentro do Parque Olímpico

segunda-feira, 15 de agosto de 2016 16:00 BRT
 

Por Eduardo Simões e Pedro Fonseca

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Uma câmera de televisão presa por cabos para transmitir imagens aéreas do Parque Olímpico dos Jogos do Rio despencou nesta segunda-feira e deixou ao menos três pessoas feridas.

O Comitê Rio 2016 disse que a câmera pertence ao serviço oficial de transmissão dos Jogos Olímpicos, conhecido pela sigla OBS, e que ainda não se sabe o motivo do acidente. A OBS é contratada pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) para transmitir as Olimpíadas para o mundo todo.

"Era uma câmera da OBS, duas mulheres ficaram feridas, mas não tenho mais informações por enquanto. A OBS está no local para ver o que aconteceu", disse por telefone o diretor de Comunicação do comitê organizador, Mario Andrada, logo após o incidente.

Além das duas mulheres atingidas pela câmera pelo menos mais uma pessoa ficou ferida ao ser atingida pelos cabos, de acordo com uma funcionária da organização.

A emissora de TV Globnews mostrou imagens gravadas do momento exato em que a câmera, que fica na área aberta do parque perto das Arenas Carioca 1 e 2, se desprendeu dos cabos de sustentação e caiu no chão.

Testemunhas disseram que uma das mulheres atingidas pela câmera sofreu ferimentos no rosto com sangramento, e que a outra parecia ter sido atingida com menor gravidade. Ambas foram rapidamente retiradas pelos serviços médicos, de acordo com testemunhas.

"Eu estava olhando para a câmara e o cabo da câmera, ouvi um barulho alto e a câmara caiu... Bateu no chão e atingiu duas mulheres"", disse à Reuters no local do acidente o membro da delegação britânica de ginástica Chris Adams.

"Duas mulheres ficaram feridas. Elas tinham entre 25 e 35 anos, foram alguns ferimentos no rosto", acrescentou.

O local foi isolado por homens da Força Nacional de Segurança e dos bombeiros após o incidente.

A queda da câmara se soma a uma série de problemas enfrentados pelos organizadores dos Jogos, que vão desde a coloração verde da água de piscina no Estádio Aquático Maria Lenk a casos de violência, como um assalto a nadadores norte-americanos e o registro de duas balas perdidas dentro do centro olímpico de hipismo.

 
Mulher é levada para ambulância após ser atingida por câmera dentro do Parque Olímpico. 15/08/2016 REUTERS/Toru Hanai