Futebol feminino do Brasil perde nos pênaltis e disputará bronze na Rio 2016

terça-feira, 16 de agosto de 2016 16:06 BRT
 

Por Tatiana Ramil

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O sonho do primeiro ouro olímpico da seleção brasileira de futebol feminino acabou nesta terça-feira, quando a equipe perdeu a partida da semifinal contra a Suécia, nos pênaltis, após empate em 0 x 0 no Maracanã, e o time agora disputará a medalha de bronze nos Jogos Rio 2016.

Os milhares de torcedores que lotaram o estádio reconheceram o empenho das jogadoras e aplaudiram ao fim do jogo, enquanto as brasileiras desabaram em campo. Cristiane e Andressinha desperdiçaram suas cobranças de pênaltis e o Brasil perdeu por 4 x 3, embora a goleira Bárbara tenha feito uma defesa nas penalidades.

A outra semifinal do futebol feminino ocorre ainda nesta terça-feira, no Mineirão, entre Alemanha e Canadá.

"A gente devia ter feito o gol durante a partida, porque a gente sabe que pênalti é loteria", lamentou a capitã Marta após a partida. "Nada vai tirar o brilho do trabalho que a gente fez durante esse período todo, temos uma briga pela medalha de bronze e vamos até o fim".

A seleção feminina do Brasil encantou a torcida na primeira fase dos Jogos do Rios, com goleadas sobre China por 3 x 0 e a própria Suécia por 5 x 1, o que provocou gritos dos torcedores de que "Marta é melhor que Neymar".

Nas quartas de final, no entanto, sofreu para passar pela Austrália nos pênaltis, e a mesma dificuldade ocorreu contra as suecas nesta terça no Maracanã.

As brasileiras jogaram mais no ataque, criaram várias chances, mas falharam nas finalizações.

O time brasileiro, medalhista de prata em Atenas 2004 e Pequim 2008, teve como destaque a atuação de Formiga no meio-campo. Mesmo aos 38 anos, a jogadora que disputa sua sexta Olimpíada jogou na defesa e armou o time de forma incansável e teve seu nome gritado algumas vezes pela torcida no Maracanã.   Continuação...

 
Jogadores da seleção brasileira após derrota para a Suécia. 16/08/2016 REUTERS/Leonhard Foeger