Rússia perde ouro em revezamento de Pequim após novo antidoping e Brasil herda o bronze

terça-feira, 16 de agosto de 2016 20:55 BRT
 

Por Karolos Grohmann

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Rússia recebeu ordem para devolver as medalhas de ouro do revezamento 4x100 metros feminino conquistadas no atletismo da Olimpíada de Pequim 2008, depois de Yulia Chermoshanskaya ter sido flagrada em um exame antidoping para uma substância proibida em uma nova análise da sua amostra.

O Comitê Olímpico Internacional (COI) desclassificou a equipe russa devido ao resultado positivo de um exame da corredora para o uso de esteroide, o que significa que o Brasil herdou a medalha de bronze após ter terminado em quarto lugar na prova na capital chinesa.

“A equipe da Federação Russa está desclassificada do revezamento feminino 4x100 metros. As medalhas e diplomas correspondentes estão revogados e serão devolvidos”, disse.

As companheiras dela no revezamento foram Aleksandra Fedoriva, Yulia Gushchina e Yevgeniya Polyakova.

A Bélgica ficou em segundo na corrida, e a Nigéria ficou com o bronze.

O COI armazena amostras por uma década para realizar testes com novos métodos ou para novas substâncias e realizou nova análises específicas antes dos Jogos do Rio.

Um total de 98 amostras deram positivo nas novas avaliações de amostras tanto de Pequim 2008 quanto de Londres 2012.