Darya Klishina tenta redimir Rússia na final do salto em distância

quarta-feira, 17 de agosto de 2016 11:29 BRT
 

Por Jack Stubbs e Gene Cherry

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A russa Darya Klishina garantiu uma vaga na final do salto em distância da Olimpíada do Rio de Janeiro na terça-feira, mantendo vivas as poucas esperanças de seu país de conquistar uma medalha de atletismo após a exclusão de toda a equipe russa da modalidade devido a alegações de doping.

A Associação Internacional de Federações de Atletismo (Iaaf) baniu a equipe em junho por causa das alegações sobre um programa de dopagem patrocinado pelo Estado russo, mas inicialmente permitiu que Darya competisse, já que ela treina e se submete a exames de doping nos Estados Unidos.

Ela foi suspensa no sábado em razão do que a Iaaf descreveu como novos indícios, porém teve o impedimento revertido pela Corte Arbitral do Esporte (CAS) na segunda-feira, um dia antes da competição.

Arcando com o fardo das expectativas de seus colegas excluídos, Darya saltou 6,64 metros e se classificou para a final em oitavo lugar.

"Estou feliz por simplesmente estar aqui nos Jogos Olímpicos", disse ela aos repórteres. "Passei pela rodada de classificação e saltarei amanhã na final, claro que estou feliz".

"Gostaria de ter uma grande equipe russa ao meu redor, como sempre. Infelizmente estou aqui sozinha, e esta é uma grande responsabilidade".

Seu técnico, o norte-americano Loren Seagrave, disse não saber ao certo como a saltadora de 25 anos se sairia na fase classificatória após os acontecimentos recentes.

"A neurofisiologia do estresse esgota o corpo. Você pode ir com a vontade de explodir na hora do salto e sair como uma espingarda de chumbo", disse.

Agora a saltadora russa irá enfrentar competidoras como a sérvia Ivana Spanovic e a alemã Malaika Mihambo na final desta quarta-feira. Elas se classificaram no primeiro e segundo lugares com saltos de 6,87 e 6,82 metros.

A melhor marca de Darya é 7,05 metros, mas desde 2011 ela não consegue superar os sete metros em um evento outdoor.

 
Saltadora de longa distância russa Darya Klishina durante competição em Pequim.   27/08/2015       REUTERS/Dylan Martinez/File Photo