Brasil atropela Rússia e vai à quarta final olímpica seguida no vôlei masculino

sábado, 20 de agosto de 2016 00:00 BRT
 

Por Tatiana Ramil

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A seleção brasileira de vôlei masculino se vingou de uma derrota dolorida para a Rússia em Londres 2012 e bateu a rival na semifinal dos Jogos Rio 2016 nesta sexta-feira por 3 sets a 0, parciais de 25-21, 25-20 e 25-17, se classificando para a quarta final olímpica seguida.

Com uma atuação incontestável e praticamente ser erros, os brasileiros dominaram a partida desde o início e foram saudados com o grito de "o campeão voltou" pelo Maracanãzinho lotado.

Na final de domingo, o Brasil vai enfrentar a Itália, que venceu os Estados Unidos na outra semifinal por 3 sets 2 e que já derrotou a seleção nesta Olimpíada.

A decisão entre Brasil e Itália é uma reedição de Atenas 2004, quando o time comandado pelo técnico Bernardinho conquistou o ouro pela última vez.

Em Pequim 2008 e Londres 2012, a seleção ficou com a medalha de prata. Na última edição dos Jogos, a derrota foi justamente para a Rússia na final, na qual o Brasil tinha vantagem de 2 sets a 0, mas os adversários viraram o placar de forma dramática.

Nesta sexta, jogando no Maracanãzinho lotado com cerca de 10.000 torcedores, os brasileiros também abriram vantagem de 2 sets 0, mas desta vez não permitiram a virada russa. Com boas atuações de Wallace e Lipe, principalmente no ataque, o Brasil mostrou muita vibração em quadra e nunca esteve ameaçado.

O primeiro set começou equilibrado até que a equipe brasileira passou à frente em 14-13, após uma ótima defesa de Lipe. A partir daí, o time abriu uma boa vantagem, chegando a 20-15, e fechou a parcial em 25-21.

No segundo, os russos comandavam o placar até o empate de 12-12. No final da parcial, os brasileiros reiteraram a superioridade para fechar em 25-20, e no terceiro ganharam com tranquilidade em 25-17.

A classificação da equipe brasileira à final acontece após uma campanha de recuperação nos Jogos do Rio, em que derrotas na primeira fase para Itália e EUA quase eliminaram a equipe.

O Brasil chegou a correr risco de não se classificar para as quartas de final e só avançou depois de derrotar a França na última rodada da fase de grupos.

 
Jogadores do Brasil comemoram vitória sobre a Rússia na semifinal do vôlei masculino nos Jogos do Rio. 19/08/2016 REUTERS/Ricardo Moraes