Ramírez e López ganham e boxe de Cuba soma três ouros no Rio

sábado, 20 de agosto de 2016 17:09 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Os boxeadores cubanos Robeisy Ramírez e Arlen López ganharam a medalha de ouro, neste sábado, nas categorias até 56 kg e 75 kg, respectivamente, elevando para três o número de títulos olímpicos alcançados pelo boxe de Cuba nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Na final da categoria até 75 kg, López - campeão mundial amador no Catar, em 2015 – derrotou o uzbeque Bektemir Melikuziev por decisão unânime. Os dois lutadores não tiveram um combate de grande nível técnico, mas o cubano acertou mais golpes claros no rosto do adversário, convencendo os juízes.

“É uma emoção que não consigo segurar. É mais uma conquista para nosso país essa medalha de ouro, um acréscimo ao quadro de medalhas e a Cuba”, disse à rádio estatal cubana Radio Rebelde um emocionado López, se esforçando para segurar as lágrimas.

Melikuziev ficou com a prata, enquanto Misael Rodríguez, do México, e Kamra Shakhsuvarly, do Azerbaijão, receberam a medalha de bronze.

Pouco antes Ramírez derrotou o norte-americano Shakur Stevenson na final da categoria até 56 kg. Numa decisão dividida, por 2 a 1, o cubano se sagrou bicampeão olímpico. Em Londres 2012, ele venceu na categoria 52 kg.

 
Pugilista cubano Robeisy Ramírez comemora conquista da medalha de ouro na Rio 2016
20/08/2016 REUTERS/Peter Cziborra