Jorgensen, dos EUA, vence ouro no triatlo feminino, com corrida perfeita

sábado, 20 de agosto de 2016 17:23 BRT
 

Por Mitch Phillips

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A grande favorita Gwen Jorgensen ficou com o ouro olímpico do triatlo feminino nos Jogos Rio 2016 neste sábado com uma corrida perfeita e incomum para ela, na qual conseguiu acompanhar as adversárias na bicicleta antes de se destacar na corrida, quando deixou para trás a campeã olímpica anterior, Nicola Spirig-Hug.

Jorgensen dominou o esporte nos últimos dois anos, mas costuma vencer as provas sempre alcançado na corrida de 10km as atletas que foram mais rápidas na bicicleta.

Neste sábado, entretanto, ela nadou forte, deu tudo que tinha no percurso acidentado de 40km na bicicleta e venceu o desafio com Spirig-Hug, de 34 anos, na corrida. Jorgensen ganhou o primeiro ouro dos EUA desde que o esporte foi introduzido nos Jogos de 2000, em Sidney. 

“Eu sabia que se continuasse fazendo o que tenho feito, com sorte isso daria certo”, disse Jorgensen.

“Nunca penso que tenho uma corrida perfeita, foi uma corrida divertida, com certeza. Eu sabia que elas iam tentar me deixar para trás. Eu não quis ficar nessa situação em que teria que correr atrás do tempo”, acrescentou ela.

A suíça Spirig-Hug, que teve um filho entre as Olimpíadas de Londres e no Rio, conseguiu se manter na segunda colocação e ficou com a prata, tornando-se a primeira mulher com duas medalhas olímpicas no esporte.

As britânicas Non Stanford e Vicky Holland, que moram e treinam juntas em Leeds e são grandes amigas, batalharam pelo bronze, com Holland levando a melhor.

 
Triatleta Gwen Jorgensen mostra medalha de ouro conquistada nos Jogos Rio 2016
20/06/2016 REUTERS/Jeff Pachoud/Pool