Peguei o pênalti do melhor cobrador da Alemanha, diz Weverton

sábado, 20 de agosto de 2016 22:43 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Herói da seleção brasileira na disputa de pênaltis contra a Alemanha na final da Olimpíada, o goleiro Weverton comemorou a defesa da cobrança do alemão Nils Petersen como se tivesse marcado um gol por considerar que o atacante do Freiburg era o melhor cobrador da equipe da Alemanha.

Weverton defendeu no canto esquerdo a quinta e última cobrança da Alemanha na disputa de penalidades após empate de 1 x 1, abrindo caminho para Neymar bater o último pênalti e dar ao Brasil o primeiro ouro olímpico no futebol na história, em um Maracanã lotado, neste sábado.

"Eu estudei bastante os batedores adversários. Aquele, principalmente, acho que tinha nove pênaltis e tinha feito os nove gols, quatro em um canto e cinco no outro, então era algo que eu tinha que decidir naquele momento porque ele batia bem nos dois cantos", disse Weverton a repórteres após a partida.

"Eu tive a felicidade de pegar, e comemorei muito porque era o melhor batedor deles, e também pela oportunidade de dar ao Neymar a chance de fazer o gol decisivo", acrescentou Weverton, que durante a partida levou três sustos com bolas da Alemanha no travessão, todas no primeiro tempo.

O goleiro do Atlético Paranaense, de 28 anos, foi o último a entrar no grupo olímpico do Brasil, sendo convocado de última hora depois que o titular Fernando Prass sofreu uma convocação durante os treinamentos para os Jogos do Rio.

Além da defesa na disputa de pênaltis, Weverton saiu da Olimpíada com apenas um gol sofrido, justamente na final contra a Alemanha, numa campanha em que o Brasil saiu invicto com quatro vitórias e dois empates.

(Reportagem de Maria Pia Palermo e Pedro Fonseca)

 
Goleiro Weverton defende cobrança de pênalti na final da Olimpíada. 20/08/2016 REUTERS/Paulo Whitaker