Apesar de falhas, Nuzman diz que Rio merece nota 10 por realização da Olimpíada

segunda-feira, 22 de agosto de 2016 16:48 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Apesar de problemas como assentos vazios, piscinas com água verde e filas enormes, o presidente do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, deu nota 10 para a organização dos Jogos Olímpicos nesta segunda-feira e rebateu os que fizeram críticas aos preparativos da cidade.

Nuzman lembrou que antes dos Jogos, que se encerraram no domingo, o cenário desenhado tanto dentro como fora do país era negativo, com preocupações como o vírus Zika e a violência, mas disse que a realização do evento foi bem-sucedida e que diversos jornais internacionais fizeram elogios aos Jogos nesta segunda-feira.

“A nota que eu dou é dez”, disse o presidente do comitê organizador a jornalistas nesta segunda-feira. "Foi um sucesso tremendo, o mundo enalteceu o Rio e se curvou ao Rio e ao Brasil. Tivemos reconhecimento internacional, especialmente os que falaram tão mal e tiveram que engolir”, acrescentou.

A preparação do Rio para receber os primeiros Jogos Olímpicos da história na América do Sul foi marcada por críticas em diferentes áreas, como a poluição da Baía de Guanabara, os casos de violência urbana no Rio e os riscos com o Zika, além das preocupações com as crises política e econômica no país.

Apesar de boa parte dessas preocupações não ter representado problemas para os Jogos, outros incidentes ocorreram. Foram registradas longas filas nos primeiros dias para a entrada no Parque Olímpico, houve falta de alimentos e bebidas nas arenas, balas perdidas encontradas dentro do centro olímpico de hipismo e a morte de um agente da Força Nacional de Segurança que entrou por engano em uma favela.

Os organizadores também foram alvo de críticas por terem deixado as duas piscinas do Parque Aquático Maria Lenk com água verde durante os Jogos, devido a um problema de manutenção e pelo grande número de cadeiras vazias em diversas competições esportivas, apesar de quase 90 por cento dos ingressos terem sido vendidos.

Ainda assim, na avaliação do presidente do Comitê, o Rio de Janeiro conseguiu superar todos os obstáculos. “O mundo elogiou. Veja os jornais de hoje”, disse Nuzman.

No domingo, durante a cerimônia de encerramento dos Jogos realizada no estádio do Maracanã, o presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, também fez elogios à Rio 2016, dizendo que a cidade realizou uma Olimpíada "maravilhosa". [nL1N1B300I]

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

 
Nuzman, na cerimônia de encerrament
21/08/2016  REUTERS/Stoyan Nenov