Suíça abre investigação de corrupção sobre candidatura da Alemanha para Copa de 2006

quinta-feira, 1 de setembro de 2016 09:53 BRT
 

ZURIQUE (Reuters) - Procuradores federais suíços estão investigando o ídolo do futebol alemão Franz Beckenbauer e outros três dirigentes do país por suspeitas de fraude e lavagem de dinheiro em relação à candidatura da Alemanha para sediar a Copa do Mundo de 2006, disseram autoridades nesta quinta-feira.

"O Escritório da Procuradoria-Geral da Suíça abriu procedimentos criminais em relação à Associação de Futebol Alemã (DFB). Os suspeitos eram membros do conselho-executivo do comitê organizador da candidatura para a Copa do Mundo de 2006 na Alemanha", informou a procuradoria em comunicado.

Foram nomeados como investigados Beckenbauer, Horst Rudolf Schimdt, Theo Zwanziger e Wolfgang Niersbach.

A procuradoria suíça informou que está trabalhando em parceria com procuradores na Alemanha e na Áustria, e que operações de buscas simultâneas por evidências foram realizadas em oito locais nesta quinta-feira.

(Reportagem de John Miller e Michael Shields)

 
Ex-jogador Franz Beckenbauer durante evento em Berlim.    18/04/2006       REUTERS/Tobias Schwarz/File Photo