Real e Atlético de Madri perdem recurso contra proibição de contratações

quinta-feira, 8 de setembro de 2016 15:13 BRT
 

Por Brian Homewood

ZURIQUE (Reuters) - O Real Madrid e o Atlético de Madri perderam suas apelações contra banimentos de contratações na janela de transferências, impostos por quebra de regras na negociação de jogadores que não sejam espanhóis e menores de 18 anos, informou a Fifa nesta quinta-feira.

A decisão do Comitê de Apelações da Fifa significa que nenhum dos dois clubes pode registrar jogadores durante as próximas duas janelas de transferência e terão que esperar até janeiro de 2018 para realizar novas contratações.

Os banimentos foram inicialmente impostos pelo comitê disciplinar da Fifa em janeiro, mas foram temporariamente suspensos aguardando apelação no mesmo mês, permitindo que assinassem com jogadores na última janela de transferência, que terminou no final do mês passado.

Em comunicado, o Comitê de Apelações informou que decidiu "confirmar por inteiro as decisões feitas pelo Comitê Disciplinar da Fifa nos respectivos casos relacionados a proteção de menores".

A Fifa também manteve multas de 900 mil francos suíços (925 mil dólares) para o Atlético de Madri e 360 mil francos suíços para o Real Madrid.

Ambos os clubes, que negaram qualquer ato irregular, receberam advertência e receberam 90 dias para regularizar a situação de todos os menores envolvidos.

De acordo com as regras da Fifa, é proibida a transferência internacional de jogadores menores de 18 anos, exceto em certas circunstâncias. A Fifa informou que as regras existem para "proteger menores que se mudam para outros países e evitar que clubes de futebol os explorem".

O órgão informou que, no passado, transferências de jovens jogadores deixaram alguns menores abandonados nas ruas de países estrangeiros.

A Fifa recebeu 2.716 pedidos de transferência de menores em 2015, dos quais 393 foram rejeitados, segundo a organização.

 
Jogador do Real Madrid Gareth Bale durante partida na Espanha.   27/08/2016   REUTERS/Andrea Comas