Jogadores creditam sucesso do Brasil a padrão tático e organização levados por Tite

sexta-feira, 7 de outubro de 2016 12:22 BRT
 

(Reuters) - Depois da goleada sobre a Bolívia e a terceira vitória em três jogos sob o comando de Tite, os jogadores do Brasil creditaram o sucesso ao trabalho do treinador, que deu organização e padrão tático ao time que subiu da sexta para a segunda colocação nas eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia, em 2018.

A seleção venceu a Bolívia por 5 x 0 em Natal na noite de quinta-feira, após derrotar o Equador por 3 x 0 fora de casa e a Colômbia por 2 x 1 em Manaus.

"Há uma grande respeito entre nós (jogadores e treinador) e isso faz uma grande conexão. Tite deu um grande padrão e organização", disse o experiente lateral-direito Daniel Alves após a goleada sobre os bolivianos.

A seleção brasileira agora enfrentará a Venezuela em Mérida na semana que vem. Com vitória e uma possível derrota do Uruguai para a Colômbia, o Brasil pode assumir a liderança do grupo.

"Será difícil e acho que a Venezuela vai oferecer mais perigo do que a Bolívia. Em casa, a Venezuela vai sair um pouco mais para buscar o jogo", disse o volante Fernandinho. "Você tem que respeitar o adversário. Fizemos muitos gols contra a Bolívia e mantivemos o mesmo nível e a mesma pegada".

O atacante Neymar, suspenso após acumular dois cartões amarelos, não irá participar da partida contra a Venezuela e foi liberado para voltar para o Barcelona

De acordo com o coordenador técnico da seleção, Edu Gaspar, a recomendação dada a Neymar era para descansar no período de suspensão. Segundo ele, o cartão não foi intencional.

"O cartão dele não foi planejado. Isso não ocorreu, de maneira nenhuma".

(Por Rodrigo Viga Gaier, no Rio de Janeiro)

 
Técnico Tite conversando com jogadores antes de treino em Natal.     05/10/2016    REUTERS/Ricardo Moraes