Murray bate Dimitrov e conquista o Aberto da China

domingo, 9 de outubro de 2016 14:14 BRT
 

(Reuters) - Andy Murray desarmou o búlgaro Grigor Dimitrov por 6-4 e 7-6 (2) neste domingo durante a final do Aberto da China, conquistando o 40º título de sua carreira.

Murray encerrou a partida em uma hora e 57 minutos, se aproximando do número 1 do ranking mundial, Novak Djokovic, e acirrando a disputa pela liderança.

Agora, o britânico está a 1555 pontos de Djokovic, que não pôde defender seu título na China devido a um problema no cotovelo, e com pontos de sobra para obter nos demais eventos da temporada em Xangai, Paris e na final em Londres.

Murray levou o primeiro set, apesar de ter vencido apenas 30 por cento dos pontos do primeiro serviço, e parecia pronto para o segundo serviço enquanto liderava por 5-4 até que Dimitrov começou a brigar por um tiebreak.

O escocês, que não deixou cair uma jogada em Pequim, ganhou imediatamente um mini-break, ganhando seu quinto título da temporada.

Murray tem tido um verão europeu movimentado, chegando à final do Aberto da França e assegurando um segundo triunfo em Wimbledon, além de defender com sucesso a medalha de ouro olímpica no Rio de Janeiro. Ele vai jogar no Masters de Xangai neste mês.

(Por Ian Rodricks)