Tite tenta primeira vitória sem Neymar e aposta em Willian e no conjunto

segunda-feira, 10 de outubro de 2016 21:02 BRT
 

(Reuters) - De olho na quarta vitória seguida sob o comando do técnico Tite, a seleção brasileira joga na terça-feira pela primeira vez nessa nova fase sem o atacante Neymar, que vai ser substituído por Willian contra a Venezuela, em Mérida, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

Outra mudança no time será a volta do meia Paulinho, que não atuou na goleada de 5 x 0 sobre a Bolívia na quinta-feira porque estava suspenso. Ele entrará na vaga de Giuliano.

“O conjunto determinou o desempenho até agora....mas palavra de honra, não sou o cara”, disse Tite em entrevista coletiva.

Apesar de Willian entrar na vaga de Neymar, Philippe Coutinho é quem cairá pela esquerda, e, em tese, preencherá o espaço do principal jogador da seleção brasileira.

“Se o Brasil ficar na dependência do Neymar, é porque tem algo de errado...claro que faz falta, mas quem não gostaria de ter um Wilian como opção?“, afirmou o treinador.

O Brasil vive uma boa fase desde a chegada de Tite, com três vitórias seguidas e o segundo lugar nas eliminatórias, enquanto a Venezuela está na lanterna. Se vencer a Venezuela e o Uruguai tropeçar diante da Colombia, fora de casa, a seleção assumirá a liderança.

O lateral-esquerdo Filipe Luís será o capitão da seleção brasileira na partida contra os venezuelanos. Tite vem promovendo um rodízio de capitães na equipe.

“A escolha para eu ser capitão é um orgulho, um honra e uma responsabilidade”, afirmou o atleta, que está há 12 anos jogando no exterior.

O Brasil confirmado por Tite vai atuar com Alisson, Daniel Alves, Miranda, Marquinhos e Filipe Luís; Fernandinho, Paulinho e Renato Augusto; Willian, Gabriel Jesus e Coutinho.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

 
Tite concede entrevista em Mérida.  10/10/16.  REUTERS/Marco Bello