Russa Lysenko perde medalha de ouro de Londres 2012 no martelo por uso de doping

terça-feira, 11 de outubro de 2016 15:46 BRT
 

(Reuters) - A russa Tatyana Lysenko teve sua medalha de ouro no lançamento de martelo nos Jogos de Londres 2012 retirada após testar positivo para esteróides em novas análises de amostras, informou nesta terça-feira o Comitê Olímpico Internacional (COI).

"Novas análises das amostras de Lysenko de Londres 2012 resultaram em um teste positivo para a substância banida dehidroclorometiltestosterona (turinabol)", informou o COI.

A bicampeã mundial, que agora compete com o nome Beloborodova, já havia sido banida anteriormente neste ano pela Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF) por uso de doping.

Ela foi campeã mundial em 2011 e 2013 e campeã olímpica em 2012, mas não competiu na Rio 2016 por conta do banimento de atletas russos por doping.

O COI ordenou que a IAAF modifique os resultados da Olimpíada de 2012, na qual a polonesa Anita Wlodarczyk ficou em segundo lugar, atrás de Lysenko, e a alemã Betty Heidler ficou em terceiro.

A china Zhang Wenxiu, que ficou em quarto, agora pode receber a medalha de bronze.

Lysenko, de 33 anos, foi proibida de competir entre 2007 e 2009 por uso de esteróides, o que fez com que ficasse fora dos Jogos de Pequim, e agora enfrenta suspensão vitalícia do esporte.

(Reportagem de Karolos Grohmann)

 
Lysenko comemora medalha de ouro em Londres 2012.  11/8/2012.  REUTERS/Eddie Keogh