Guardiola nega tentativa de levar Messi e Neymar para Manchester City

terça-feira, 18 de outubro de 2016 18:32 BRST
 

Por Richard Martin

BARCELONA (Reuters) - O técnico do Manchester City, Pep Guardiola, negou uma reportagem do jornal Mundo Deportivo, segundo a qual ele tentou contratar os atacantes do Barcelona Lionel Messi e Neymar no final da temporada.

O jornal também sugeriu que Guardiola tentou contratar o atacante do Barça Luis Suárez e os meio-campistas Andrés Iniesta e Sergio Busquets.

O City trouxe o goleiro Claudio Bravo, que estava no Camp Nou, e o ex-treinador do Bayern de Munique reconheceu que também falou com Marc-Andre ter Stegen, que ficou de fora da maioria dos jogos no Campeonato Espanhol na última temporada.

"Há algumas guerras que você perde desde o início e que teria sido bom se as pessoas tivessem o meu lado da história", disse Guardiola em entrevista coletiva antes do jogo de quarta-feira pela Liga dos Campeões contra o Barça.

"Eu não liguei para Messi, nem Busquets, nem Suárez, nem Iniesta. Eu sabia que (o goleiro) Ter Stegen queria jogar mais e eu telefonei para ele, mas ele decidiu ficar no Barça."

"Eu espero que Messi termine a sua carreira aqui, mas talvez um dia ele queira sair", acrescentou Guardiola sobre o argentino cinco vezes eleito o melhor do mundo. "Se isso acontecer, vários clubes vão querer contratá-lo."

O técnico espanhol ainda comentou sobre a oportunidade de contratar Neymar em 2013.

"Eu liguei para ele para tentar contratá-lo para o Bayern", explicou Guardiola. "Mas quando o pai de Neymar me contou sobre o Barça, eu disse a ele para não ter dúvidas e ir para o Barça."

 
Técnico do Manchester City dá entrevista coletiva no Camp Nou, em Barcelona
18/10/2016 REUTERS/Action Images/John Sibley