Agora auxiliar, Valderrama mostra nota a juiz e acaba expulso

quinta-feira, 1 de novembro de 2007 14:07 BRST
 

BOGOTÁ (Reuters) - O ex-capitão da seleção colombiana Carlos Valderrama, atual assistente-técnico do clube de Barranquilla Atlético Junior, foi expulso por mostrar uma nota de dinheiro para o árbitro em uma partida que também foi interrompida pela violência do público.

Valderrama, que ainda cultiva a cabeleira que tornou-se sua marca registrada nos tempos de jogadores, foi obrigado a deixar o campo após o incidente ocorrido na derrota de 3 x 1 de seu time para o America, na noite de quarta-feira.

O ex-meio-campista ficou muito irritado após o juiz ter marcado um pênalti contra o seu time pouco antes do intervalo.

Valderrama tirou uma nota de dinheiro do bolso e começou a balançar na direção do árbitro Oscar Ruiz. O árbitro inicialmente não percebeu, mas Valderrama continuou com o gesto e acabou sendo expulso.

Entretanto ele permaneceu no gramado e aproximou-se do árbitro no intervalo, gesticulando e xingando com muita raiva.

"Valderrama se envolveu em um espetáculo triste", disse o jornal El Tiempo em sua versão online.

O segundo tempo foi interrompido por 10 minutos por uma briga de torcedores do Atlético com a polícia nas arquibancadas. Os torcedores jogaram pedras e pedaços de pau nos policiais.