Operações de segurança para Eurocopa são iniciadas

segunda-feira, 2 de junho de 2008 14:47 BRT
 

VIENA (Reuters) - Aviões da Força Aérea austríaca voavam em Viena na segunda-feira com o início das operações de segurança da Eurocopa 2008, que incluem inspeções rápidas em todas as fronteiras internacionais.

Até cinco milhões de torcedores são esperados para a competição, que será sediada em conjunto por Áustria e Suíça e levará a uma das maiores operações de segurança enfrentadas pelos dois países europeus.

A partir desta segunda-feira, autoridades de mais de 18 nações européias irão ajudar os austríacos com inspeções de fronteiras, que serão agendadas de acordo com avaliações diárias dos riscos. As medidas ficarão em vigência até o fim do torneio, que vai de 7 a 29 de junho.

A polícia afirmou que irá rastrear todos os hooligans conhecidos e encrenqueiros de cada país, para prevenir que entrem na Áustria ou na Suíça.

"De acordo com nossas informações, não havia necessidade de começar inspeções das fronteiras terrestres hoje, mas isso é um assunto que é discutido continuamente", disse um porta-voz da polícia austríaca.

A Áustria, que faz fronteira com Alemanha, Hungria, Itália, Eslováquia, Eslovênia, República Tcheca e Suíça, é integrante da União Européia (UE) na área de Schengen, onde pessoas podem atravessar fronteiras sem mostrar passaportes.

A Suíça tem 16.000 policiais e a Áustria 27.000. Ambos os países irão usar suas forças armadas e policiais estrangeiros para apoio.

Um total de 1.100 policiais estrangeiros irá trabalhar na Áustria durante os jogos, 850 são da Alemanha, cujas operações na Copa do Mundo de 2006 foram amplamente consideradas um sucesso.

Outros irão trabalhar em meio às multidões de torcedores, procurando isolar rapidamente os encrenqueiros.

As Forças Aéreas de Suíça e Áustria disseram que irão promover vôos de reconhecimento sobre as cidades-sede. Os jatos suíços começam suas saídas ainda nesta semana.