Pizarro, da Roma, reclama de "vaidoso" Cristiano Ronaldo

quarta-feira, 2 de abril de 2008 12:19 BRT
 

ROMA (Reuters) - O meia David Pizarro disse que a Roma vai ter um ponto para provar para Cristiano Ronaldo na partida de volta das quartas-de-final da Liga dos Campeões contra o Manchester United, em Old Trafford na semana que vem.

"Não há dúvidas de que Cristiano Ronaldo tem qualidade, mas também é verdade que ele é vaidoso", disse o chileno à Reuters, referindo-se ao jogador do Manchester e da seleção portuguesa, autor do primeiro gol do time inglês na vitória por 2 x 0 sobre a Roma na partida de ida.

"Ele poderia ter deixado de usar alguns truques sofisticados, é necessário respeitar o oponente. Você pode apostar que teremos algo para mostrar a ele no jogo de volta."

A imprensa italiana, em contrapartida, encheu de elogios o atacante, que também mandou uma bola na trave após chutar de fora da área logo depois que Wayne Rooney marcou o segundo gol na etapa complementar.

"Ronaldo demais", disse a primeira página do jornal La Gazzetta dello Sport, de quarta-feira.

O principal diário de esportes da Itália deu ao jogador oito de 10 estrelas por sua performance e disse que a Bola de Ouro deste ano já é dele.

O jogador, de 23 anos, acredita que o United agora tem uma oportunidade fantástica de ganhar a competição.

"Acho que temos grandes chances. O time jogou de forma fantástica. O time está mais maduro", disse ele à ITV. "É claro que o Manchester United quer ganhar nesta temporada."

O resultado deixa o Roma com um imenso desafio, já que o time italiano precisa vencer o Manchester num palco em que foi goleado por 7 x 1 na mesma fase da competição do ano passado.

(Reportagem de Paul Virgo)

 
<p>Pizarro, da Roma, reclama de 'vaidoso' Cristiano Ronaldo. Cristiano Ronaldo na vit&oacute;ria do Manchester por 2 a 0 contra a Roma na It&aacute;lia. O meia David Pizarro disse que a Roma vai ter um ponto para provar para Ronaldo na partida de volta das quartas-de-final da Liga dos Campe&otilde;es contra o  em Manchester.. 1 de abril. Photo by Max Rossi</p>