Rússia não deve atrair atletas estrangeiros, afirma Putin

terça-feira, 2 de outubro de 2007 15:04 BRT
 

MOSCOU (Reuters) - O presidente russo, Vladimir Putin, criticou autoridades esportivas nesta terça-feira por atraírem atletas internacionais em vez de exaltarem os campeões nativos.

"Olhando para nossas equipes, pode haver quem não compreenda imediatamente se elas são nossas ou um time da África", comentou Putin.

"O resultado é bem conhecido. Não há ninguém para jogar em nossos times nacionais", disse ele em um encontro do Conselho de Esportes da Rússia.

Putin quer reviver a glória passada das equipes soviéticas, que dominaram em muitas modalidades, e culpou diretores de clubes pela decadência no esporte.

"Ao invés de preparar jovens, semeando nossa própria estrutura nacional, eles gastam milhões de dólares contratando jogadores estrangeiros", afirmou Putin ao conselho, encarregado de planejar as Olimpíadas de Inverno de 2014 em Sochi.

O governo está gastando bilhões de dólares para transformar a cidade em um centro esportivo. Além de sediar as Olimpíadas, Sochi é o principal destino de Putin nos feriados.

"Tudo isso se trata de saúde espiritual e física da nação, de sua geração jovem", disse o presidente.

Conquistas no esporte nacional são vistas pelo Kremlin como uma maneira de consolidar a nação.

"Eu quero ver os resultados", afirmou Putin, rejeitando explicações de autoridades de que muitas coisas estão sendo feitas e a volta aos tempos antigos vai demorar.